Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2016

Impagável (Priceless – Movie)

Imagem
No dia 14 de outubro, estreou nos cinemas dos Estados Unidos o filme “Impagável” (Priceless). Neste filme, o personagem principal, James, após ter perdido sua esposa em um acidente de carro, perde o emprego, fica em apuros e vai para a prisão, porque se envolveu com coisas erradas. Ao sair da prisão, ele não consegue encontrar trabalho para garantir seu próprio sustento e o de sua filha, que acaba sendo entregue ao Serviço de Proteção a Menores. A vida que James tanto amou está indo de mal a pior – ele se vê envolvido em desespero, ressentimentos e amarguras. Mas um amigo, sabendo de suas dificuldades, indica-lhe uma vaga para motorista de caminhão. Segundo seu amigo, ele só precisaria dirigir o caminhão e fazer uma entrega, sem se preocupar com o tipo de carga que transportaria. Então, James aceita o trabalho. Ao longo do caminho, James descobre que sua carga é na verdade, duas moças mexicanas, que eram irmãs. Elas dizem a James que estão viajando para conseguir emprego como garçonete …

Resgatados

Imagem
Em cinco de agosto, um desmoronamento na mina de San José, no deserto do Atacama, no Chile, deixou trinta e três operários presos em uma galeria a setecentos metros de profundidade. Após dezessete dias de sondagens, as equipes de resgate conseguiram contato com o grupo, por meio de uma sonda enviada a cerca de seiscentos e oitenta e oito metros de profundidade. Um dos funcionários da mina relata ter ouvido as batidas da máquina – havia começado uma cuidadosa operação de salvamento, inicialmente prevista para durar até quatro meses.  Em entrevista, os mineiros contam que pensaram até mesmo em canibalismo, para sobreviverem. Um deles relata que, ao ouvir o barulho da sonda que estava sendo enviada, teve esperança. No dia treze de outubro, após sessenta e nove dias de confinamento, todos os trinta e três mineiros foram resgatados. Você, como eu, pode nunca ter passado por uma circunstância que se assemelhe a essa – nunca estivemos soterrados em uma mina, nem pensamos em canibalismo, ou pa…